Terça, Agosto 22, 2017

Institucional

A ENTIDADE

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília,
é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em 07 de outubro de 1996.
É regida por seu Estatuto, que foi alterado e aprovado em Assembléia Geral em novembro de 2005, de acordo com a Lei nº 10.406, de janeiro de 2002, e devidamente Registrado no 1º Oficio de Registro de Pessoas Jurídicas – Cartório Marcelo Ribas – sob o número 00003741 do Livro nº A-07.

Seus órgãos administrativos são:
- Assembléia Geral
- Diretoria
- Conselho Fiscal
- Conselho Consultivo

É composta por:
- Sócios Fundadores
- Sócios Voluntários
- Sócios Contribuintes.

Tem os seguinte documentos registros e certificados:
- Alvará de Funcionamento
- Receita Federal – CNPJ
- Conselho de Assistência Social/DF
- Utilidade Pública do Distrito Federal
- Certificado de Utilidade Pública Federal – Ministério da Justiça
- Conselho Nacional de Assistência Social – CNAS/MDS
- Regular Funcionamento - MPDFT

OBJETIVOS

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília tem por finalidade básica prestar assistência gratuita à pessoa de baixa renda, portadora de doença onco-hematológica (câncer), prestar serviços gratuitos e permanentes aos usuários da assistência social, sem qualquer discriminação de clientela, de forma planejada, diária e sistemática, e ainda, desenvolver campanhas de conscientização e prevenção contra o câncer, bem como auxiliar outras entidades de cunho assistencial, previamente selecionadas pela Diretoria e segundo critérios por ela definidos.

HISTÓRIA

No dia 07 de outubro de 1996, a Sra. MARIA THEREZA SIMÕES FALCÃO, fundou no Distrito Federal, a REDE FEMININA DE COMBATE AO CÂNCER DE BRASÍLIA, juntamente com um grupo de Senhoras da sociedade brasiliense. A Sra.MARIA THEREZA SIMÕES FALCÃO foi eleita, então, presidente da entidade, e numa parceria com o HOSPSITAL DE BASE DO DISTRITO FEDERAL, implantou um posto de trabalho na sala 510 do 5º andar, (atualmente encontra-se na ala térrea do Hospital, próximo a Imustoquimica), onde a entidade passou a prestar assistência aos pacientes carentes, portadores de câncer. A Sra. MARIA THEREZA continua coordenando e incrementando os trabalhos da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília, atitude que exige desprendimento, boa vontade e disposição. Sempre auxiliada por todos os demais membros da Diretoria e dos Conselhos Fiscal e Consultivo. Os trabalhos da entidade são realizados por um incomparável grupo de Voluntárias, pessoas das mais variadas classes sociais, culturais, de ambos os sexos, e de ampla faixa etária, que de forma espontânea, por amor e caridade ao próximo, disponibilizam seu tempo e dedicação.
A Rede Feminina Nacional

A história da REDE inicia-se em 1946 na cidade de São Paulo, quando a Sra. CARMEM ANNES DIAS PRUDENTE, fundou a primeira Rede Feminina de Combate ao Câncer. Com o tempo e incentivo da Sra. Carmem, fundou-se em vários estados da federação entidades com o mesmo nome, ou parecidos, porém independentes, apenas coligadas entre si. Em 28 de maio de 1975, foi formada uma Comissão Especial pelo Ministério da Saúde, e convocadas às presidentes das Redes Estaduais. Em 6 de maio de 1978 fundou-se então, a REDE FEMININA NACIONAL DE COMBATE AO CÂNCER, com a finalidade de coordenar as atividades femininas de combate ao câncer no país. Foi eleita presidente a SRA. CARMEM ANNES DIAS PRUDENTE.