Quinta, Junho 27, 2019

5 - O APOIO

Aprenda a pedir ajuda e a buscar o apoio das pessoas
De acordo com os seus novos limites, algumas mudanças e adaptações na sua rotina são necessárias. Aprenda a “pedir ajuda” e a deixar que as pessoas o(a) ajudem. Não queira enfrentar tudo sozinho(a). Se você é dona de casa, precisará dividir as suas tarefas. Peça e aceite ajuda, seja para buscar seu filho no colégio, pagar uma conta, acompanhá-la ao hospital ou mesmo para ouvi-la quando você não estiver bem.
Converse com o seu médico
O médico é seu principal aliado na luta contra o câncer. Durante todo o processo você pode e deve conversar com o seus médicos, tirando as suas dúvidas. O médico deve fornecer informação clara e acessível sobre procedimentos, exames ou medicações prescritas. Deve esclarecer sobre os laudos médicos e manter uma postura transparente. Ninguém melhor que os seus médicos para lhe orientar.
Converse com a sua família
Uma conversa clara e franca com os seus familiares mais próximos pode permitir que a sua família lhe auxilie durante todo o tratamento. O cuidado, o carinho, o afeto e o amor surtem efeitos inesperados. Não dispense essa atenção. Eles já estão envolvidos em tudo que você está passando, não adianta tentar poupá-los.
“Nada melhor para a saúde como um amor correspondido”, frase de Vinícius de Moraes.
Converse com quem já passou por isso
Trocar informações e idéias com quem já passou ou está passando pelo mesmo que você é uma ótima opção. Isso pode lhe ajudar a dividir seus medos, anseios e angústias e mais, a não se sentir tão sozinho(a).