Segunda, Dezembro 09, 2019

8 - ALIMENTAÇÃO

A alimentação saudável ajuda o seu corpo a criar força e resistência para combater a doença, proporcionando, através do sistema imunológico, uma defesa poderosa do organismo, que trabalha para frear o crescimento de tumores e a difusão de metástases. Não se deve negligenciar a capacidade natural do nosso corpo de se proteger contra os tumores, seja para prevenir a doença ou para acompanhar os tratamentos. Pacientes com boa alimentação têm mais condições de vencer os efeitos colaterais e de enfrentar a administração de doses altas de medicamentos. Por outro lado, quando não se ingere a quantidade ou o tipo correto de alimento, as defesas naturais se enfraquecem, e o corpo não consegue combater as infecções. A boa alimentação é rica em proteínas vegetais (como feijões, lentilhas e soja), frutas, legumes, carnes magras e grãos integrais. Evite consumir em excesso alimentos ricos em gordura (que deprimem o sistema imunológico), tais como: carnes vermelhas e derivados, laticínios, óleos, gorduras, açúcares e frango comum (se possível, troque por frango caipira). Evite gorduras e sal.

Alimentos protetores
Podemos ajustar a própria alimentação para reduzir os alimentos que promovem o câncer, e incluir o maior número possível de alimentos que lutam ativamente contra os tumores. Alguns alimentos protegem as células contra o desenvolvimento de alterações cancerosas. Vale lembrar que os efeitos protetores são baseados na composição original dos alimentos, sem alterações causadas por produtos químicos.
Aumente o consumo de alimentos excelentes para o sistema imunológico:
- água, chá verde, chocolate amargo, iogurtes, vinho tinto
- abacaxi, laranja, limão, tangerina (cítricos)
- abóbora, batata, batata-doce, beterraba, cenoura, grão-de-bico, pepino, tomate (legumes ricos em caroteno, de cores vivas e vermelhas)
- amora, caqui, cereja, damasco, figo, framboesa, maçã, morango, romã (frutas ricas em caroteno, de cores vivas e vermelhas)
- açafrão, aipo, alecrim, alho, alho-poró, cebola, cebolinha, cogumelo Shiitake (excelente anti-viral), cúrcuma (pó amarelo encontrado no curry), erva-de-santa-maria, gengibre, hortelã, manjericão, nabo, rabanete, orégano, salsa, tomilho
- agrião, brócolis, couve de bruxelas, couve chinesa, couve-flor, espinafre (as verduras devem ser cozidas de forma rápida no vapor, evitando ferver)
- amêndoa, nozes, semente de abóbora (rica em zinco), semente de girassol, semente de linhaça (presença de ômega-3)
- arroz, aveia, centeio, cevada, trigo
- atum, bacalhau, cavalas, enchovas, linguado, sardinhas, salmão, vieira (peixes)
- feijões, lentilha, milho soja (leite de soja, iogurtes de soja, soja em grão e tofu). Soja e Taxol: é aconselhável não consumir produtos à base de soja durante a quimioterapia com Taxol (parar alguns dias antes e só retomar alguns dias depois).